O Pasquim - "Você por dentro do assunto."

O Pasquim é inspirado no famoso semanário brasileiro que possuia o mesmo nome, e que foi amplamente reconhecido por seu papel de oposição ao regime militar. Este blog surgiu com o objetivo de participar do Desafio do Conhecimento, organizado pela Its ( Programa de televisão de Florianópolis). Desafio em que eu ( Augusto) e minha equipe fomos vencedores.O site do desafio é: www.desafiodoconhecimento.com.br

     Saudações galera!

     Antes de mais nada quero agradecer a você leitor por sempre estar comentando e opinando. Ai vai nosso muito obrigado:



     Bem galera, essa nova semana estamos com um projeto novo e super legal. Pedimos licença aos nossos leitores pois hoje postaremos voltados ao público mais jovem. Porém, não deixe de acompanhar. Seu apoio é super importante para nós.

     Prontos? Nosso assunto de hoje é sobre estudar fora. Também conhecido como fazer intercâmbio. Mas o que é intercâmbio? De acordo com o dicionário de Língua Portuguesa, Michaelis, a palavra “Intercâmbio” é definida da seguinte maneira: “Troca, Permuta; Relações de país a país; Relações bancárias, comerciais, intelectuais ou desportivas de povo a povo;”. Resumidamente, você vai estar trocando algo.No caso cultura e experiência de vida.

     Para a maioria dos jovens brasileiros estudar fora do país é algo abstrato. Infelizmente, não há um forte incentivo para esta prática. A maioria dos estudantes, por falta de informação, acaba não pesquisando sobre o assunto. E aqueles que se interressam não fazem a mínima idéia de como buscar seus novos horizontes. Também existe a idéia errada de que tudo é ótimo e bom. Nesse post, nós iremos desmistificar o assunto e mostrar que, a partir de um planejamento, é perfeitamente possível realizar este sonho.

Ir ou não ir? Eis a questão.

     Se fizermos uma pesquisa e fizermos aos jovens de uma escola de classe média a seguinte pergunta:

-Você gostaria de fazer intercâmbio?

     Mais de 80% diriam que gostariam, e uma grande parte desses iriam dizer que não o fazem por algum impecílio. Mas por que razão os estudantes querem tanto fazer intercâmbio? Será que existe motivo suficiente para tanta procura? É realmente necessário?

     Como comentamos na reportagem sobre entrevista de emprego, uma das principais características procuradas é que o canditado seja uma pessoa dinâmica (se você não leu, acesse “Postagens Semanais” na coluna da direita). Logo, uma experiência fora do país é muito boa para um currículo. Demonstra dinamismo, uma boa capacidade de adaptação a novas circunstâncias e também bagagem cultural. Características importantes em uma empresa.

     Você deve estar pensando: “E agora? Eu não fiz intercâmbio. Existe espaço no mercado de trabalho para alguém que não tenha essa experiência?” A resposta é SIM! Claro que ter viajado é uma “mão na roda” para aqueles que querem um emprego, principalmente em multi-nacionais. Mas existe um espaço considerável para aqueles que não viajaram. Por isso não se desespere.

     Além de vagas de emprego, intercâmbio é uma boa para as pessoas que querem não apenas ganhar dinheiro, mas crescer como pessoa. Conhecer outras culturas, outros países, outras pessoas. O intercâmbio irá te dar uma visão nova e totalmente diferente do mundo e da sociedade.

Terminar o Ensino Médio ou buscar uma graduação?

     Entre todos os programas de intercâmbio, existem três que são mais conhecidos.

     Curso de Idiomas: é um programa legal, voltado para pessoas a partir de 16 anos, onde o aluno irá aprender um pouco da cultura e se aprofudar na comunicação. Um ótimo programa para as férias.

     Ensino Médio ou High School: programa voltado para jovens entre 14 e 18 anos que querem fazer parte de seus estudos em outro país. Normalmente os estudantes ficam de seis meses a um ano no país escolhido.

     Curso de Graduação ou Pós Graduação: basicamente, são cursos para universitários, com o foco em especialização ou qualidade do ensino.

     Todos estes programas são muito bacanas. Porém queremos comparar o do ensino médio com a graduação. Alguns jovens podem pensar que fazer intercâmbio apenas na faculdade seja o ideal, sem sequer considerar a realização do programa no ensino médio.

     Fazer o ensino médio lá fora possui algumas vantagens em relação à graduação. Para aqueles que finalizam o ensino médio em um outro país, fica muito mais fácil de continuar seus estudos no local escolhido para o intercâmbio. Por outro lado, vale lembrar que, em um currículo, o peso de uma graduação no exterior é bem maior que o de um ensino médio. Para aqueles que desejam fazer somente a graduação, vale apena lembrar que além do domínio da língua, você enfrentará vários testes e muita burocracia para conseguir sua sonhada vaga.

     Nosso conselho é: faça os dois se possível. Mas acima de tudo o que falamos, a principal dica é: faça o que você tem vontade. “Examinai tudo, retei o que é bom.” (I Tes 5 : 21)

Tudo bem... Até aqui tudo está muito bonito. Mas quanto custa?

     Essa é uma pergunta dificil. Tudo varia conforme o país, o período, o tempo e as condições da viagem. Para intercâmbio de ensino médio, um mês no Canadá sairá por volta de dois mil dolares. Já a questão das universidades, apesar de algumas serem públicas, elas cobram de estrangeiros. Nos EUA, a média é de 8 mil até 20 mil doláres ao ano. Variando de acordo com região e curso. Normalmente, em intercâmbios, o “peregrino” instala-se em uma casa de família ou aluga um quarto com outro estudante.

     Os que estão sem os seus “trocados” não precisam se desesperar. Existem bolsas de estudo em consulados ou faculdades de alguns países. Nesse caso, seu histórico escolar deve ser diferenciado e o domínio da língua é fundamental.

Ok, ok. Mas o que eu tenho que fazer para ser um intercambista? E que dificuldades irei enfrentar?

     Se você deseja viajar, não tem segredo. Procure saber se, junto a sua instituição de ensino, existe algum programa de intercâmbio. Também há a possibilidade de fazer pequisas em agências de viagem. Normalmente as agências já possuem pacotes voltados para esse fim. O que não recomedamos é colocar a mochila nas costas e se mandar! É muito melhor fazer o intercâmbio através de uma agência de viagens. Sairá um pouco mais caro. Porém, para ter segurança e se livrar de muita dor de cabeça e ainda por cima de muita burocracia, vale a pena. Em relação à chegada ao país é a mesma coisa. Se você for por uma agência, as dificuldades serão minimas. A empresa encarrega-se de tudo. Inclusive casa e escola. Entretanto, se for de alguma outra maneira, a burocracia é inevitável.


     Se você realmente irá estudar fora, aí vão algumas dicas fundamentais:

1- Pense bem para onde você quer ir. E, principalmente, se é realmente a melhor hora de fazer intercâmbio.

2- Planeje tudo com antecedência, não deixe nada para a última hora. Dinheiro extra é fundamental. Nunca se sabe o que pode acontecer.

3- Informe-se sobre a instituição.

4- Certifique-se de que você possui todos os documentos necessários.

5- Informe-se sobre a cultura, clima e língua oficial do país.

6- Aproveite o máximo possível! Faça disso uma experiência inesquecível!

     As dificuldades mais enfrentadas pelos jovens estão relacionadas à língua falada no país. O choque cultural é quase inevitável. É uma nova cultura, novos amigos, novos costumes. Mas não é esse o propósito? Um brasileiro não vai estudar no Japão esperando que seja tudo igual ao Brasil. Além do mais, este envolvimento com um novo mundo apenas serve para seu enriquecimento pessoal. Porém, se você não tiver domínio da lìngua, tudo será mais difícil. A comunicação é essencial na realização de qualquer atividade, assim como na formação de novos amigos. Por isso, a fluência na língua oficial do país é um fator que necessita de análise antes da realização do intercâmbio.
Videos

     Pesquisamos também outros 2 vídeos. Um deles fala sobre o intercâmbio e o outro sobre a importância de uma língua estrangeira.





28 comentários:

ficou mt foda (:
eu realmente tinha muitas dúvidas sobre esse assunto, e me interessei bastante.

flw ai, quiridos, e continuem assim \o


ah, 1º comentário HAHA vlwsky

Muito bom, muito bom mesmo!
As perguntas do texto com certeza são as perguntas que todo intercambista fez e todo interessado fará!

Parabéns, a equipe está de parabéns, o blog está de parabéns também!

A propósito, no primeiro podcast que gravamos, citamos um comentário de vocês, já estamos na terceira edição e não vimos mais vocês comentarem la no blog...
Estamos lhes aguardando!

Grande abraço, sucesso e bom final de semana a todos!

Att. Equipe EEMAK

Ana sofia Pierri disse...

Mtttttt bom

Valeu pelos comments galera

parabééns meninos, o blog de vcs está simplismente maravilhoso, muito bem informado e com um bom conteúdo...parabéns mesmo, continuem assim :D

ótimo conteudo sem nosão

Nossa muito interessante, escrito corretamente e com qualidade, um texto com muita qualidade

marceeelo tá altos blog, primo tá nervoso o negócio

Geraldo Camargo disse...

Adorei o novo post. Muito informativo. Parabéns, meninos!

Gostei do novo conteúdo. Bem escrito...

Ôrra galera. Arrombaram!!!

deitaram!

boom

nossa muito bom o post. Adorei o assunto sobre o intercambio, sempre tive vontade de fazer e vcs consehuiram esclarer algumas coisas que eu tinha duvida. Obrigada

Isso ai pessoal, post bom como sempre, e vamo segui em frente, rumo à vitória!!!

valeeu pelos comments ;D

mtt bom, gostei mt, tinha varias duvidas q conseguiram tirar. abrçç

ta sendo um otimo blog!Que estao tirando duvida de muitas pessoas.
continuem assim....

ta muito bom! continue assim!

Rapazeada esperta!!! Parabéns... texto envolvente... Merecem todos os elogios!!! Continuem assim!!!
Prof° Rangel

Muito bom, parabéns. Sempre tive vontade de fazer intercâmbio, mas agora tenho vontade mesmo é de fazer uma especialização fora do país. Consegui tirar dúvidas que tinha sobre o assunto.

Vaaleu ;D

Ficou muito bom, muito bom mesmo!
Tirando todas as duvidas da galera aí..
Parabéns pelo blog e pelo texto, bem legal!!
:)

Carina da Silva Pires (expresso cultura) disse...

Parabén pelo blog de vcs ;D

Bem legal este post!!!
Parabéns :D

Esse tema é muito interessante, e as informaçoes dadas foram muito boa para matar a curiosidade...
Parabéns meninos, continuem assim!

Parabéns meninos, o blog te vcs está muito bom, mesmo! bjjjs

fico muito baum eu naum sabia o que era um empreendedor.

falow